Este fórum é o local de convívio para todas as pessoas ligadas ao volante de todas as empresas do ramo rodoviário
 
InícioPortalCalendárioGaleriaFAQMembrosGruposBuscarRegistrar-seConectar-se
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Últimos assuntos
» Verifique como está seu
Qua Abr 23, 2008 10:15 am por Admin

» Será que você é DDA?
Qua Abr 23, 2008 10:10 am por Admin

» Homeopatia
Qua Abr 23, 2008 10:09 am por Admin

» Hipertensão Arterial: técnica de medida da pressão arterial
Qua Abr 23, 2008 9:49 am por Admin

» Hipertensão Arterial: modificação no estilo de vida.
Qua Abr 23, 2008 9:48 am por Admin

» Hipertensão Arterial: exames complementares
Qua Abr 23, 2008 9:47 am por Admin

» Hipertensão Arterial
Qua Abr 23, 2008 9:45 am por Admin

» Importância do exame dos testículos
Qua Abr 23, 2008 9:44 am por Admin

» Como vai sua próstata?
Qua Abr 23, 2008 9:43 am por Admin

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Fórum
Patrocinadores
Outubro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
CalendárioCalendário
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 14 em Sex Set 10, 2010 4:40 pm
Palavras chave
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
Social bookmarking
Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de em seu site de social bookmarking
Votação
Estatísticas
Temos 80 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de Carlos Rebouças

Os nossos membros postaram um total de 900 mensagens em 256 assuntos
AVISO IMPORTANTE
AVISO IMPORTANTE - Este Site nao hospeda nenhuns ficheiros, apenas contém LINKS para diversas paginas na INTERNET.Faça os DOWNLOADS somente para TESTE,devendo de seguida APAGA-LOS. Se gostar COMPRE.SOMOS TOTALMENTE A FAVOR EM PRESERVAR OS DIREITOS DE AUTOR.
AVISO IMPORTANTE
AVISO IMPORTANTE - Este Site nao hospeda nenhuns ficheiros, apenas contém LINKS para diversas paginas na INTERNET.Faça os DOWNLOADS somente para TESTE,devendo de seguida APAGA-LOS. Se gostar COMPRE.SOMOS TOTALMENTE A FAVOR EM PRESERVAR OS DIREITOS DE AUTOR.

Compartilhe | 
 

 Como vai sua próstata?

Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
Admin
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 342
Idade : 55
Localização : Amadora
Emprego/lazer : Motorista S.P.-Lisboa Transportes
Humor : Sempre em alta
Data de inscrição : 28/11/2007

MensagemAssunto: Como vai sua próstata?   Qua Abr 23, 2008 9:43 am

As
principais doenças que acometem a próstata
são:





Hipertrofia Benigna da Próstata
(HPB) – que representa o crescimento de um adenoma (tumor
benigno), em
uma das partes da glândula;


Processos inflamatórios e
infecciosos - as chamados prostatites;


Câncer da Próstata.

A
próstata é uma glândula
masculina, que pesa cerca de 20 gramas, e secreta fluidos que
compõem
parte do sêmen.


Localiza-se
logo abaixo da bexiga, envolvendo uma parte
da uretra.




Hipertrofia
Benigna da Próstata
(HPB):


É
a doença
mais comum do homem.


Representa
o
crescimento nodular de uma das regiões da
próstata. Sua incidência
aumenta progressivamente com a idade, ocorrendo em 40 % dos homens a
partir
dos 50 anos e em 90 % daqueles com 80 anos.


O
crescimento da próstata comprime a uretra, causando
obstrução mecânica
ao fluxo da urina, o que leva à dificuldade para urinar. A
urina estagnada
na bexiga favorece o surgimento de infecção
urinária e formação de
cálculos.


O
esforço para urinar, em conseqüência da
obstrução ao fluxo urinário,
aumenta a pressão no interior da bexiga e provoca o aumento
de suas camadas
musculares. O aumento da pressão dentro da bexiga se
transmite aos ureteres
e aos rins, podendo levar à doença chamada
hidronefrose e culminar com um
quadro de insuficiência renal.







Os
sintomas da Hipertrofia Benigna da Próstata podem ser
divididos em dois
grandes grupos:






  • Sintomas
    Obstrutivos
    , decorrentes da obstrução
    ao fluxo urinário, tais como:
    diminuição da força do jato
    urinário; esforço para urinar;
    interrupção
    do jato durante a micção; gotejamento;
    sensação de esvaziamento
    incompleto da bexiga.



  • Sintomas
    Irritativos
    , devidos à irritabilidade da bexiga :
    urgência para
    urinar; dor no baixo ventre; diversas nicções
    noturnas; diversas micções,
    em um curto espaço de tempo, com saída de pequena
    quantidade de urina em
    cada uma delas.



Também
pode ocorrer
sangramento junto com a urina e infecção
urinária.


No
Exame Físico, é
imprescindível o Toque Retal que fornece
informações sobre o volume,
consistência,
presença de irregularidades, limites, sensibilidade e
mobilidade da próstata.





O Exame de Urina
evidencia a presença de sangramento e/ou
infecções.


Exames de Sangue
, tais como: uréia e creatinina,
permitem avaliar o
comprometimento da função renal. A dosagem do PSA
(uma proteína chamada Antígeno
Prostático Específico) é
importante para a exclusão de possíveis tumores
malígnos da próstata.

A Ultra-sonografia permite avaliar a forma e a
densidade da próstata, bem como
a presença de resíduo elevado de urina na bexiga,
após a micção.

A Urografia Excretora tem sua
indicação quando ocorrer sangramento na urina e
como complemento para melhor avaliação de
alterações observadas na
ultra-sonografia.

Quando necessário podem ser realizados ainda:


Uretrocistografia - exame
radiológico, com introdução de
contraste através da uretra.


Uretrocistoscopia
- exame que permite a visão da
uretra e bexiga, através de
instrumentos óticos introduzidos pela uretra.


Biópsia da Próstata
- coleta de
fragmentos do tecido prostático, através de
punção trans-retal.


Estudo Urodinâmico
-
avaliação das contrações da
bexiga e alterações do
fluxo urinário durante a micção.

O tratamento da HPB pode ser clínico ou
cirúrgico. A seleção do tratamento
é feita tendo em vista as condições
clínicas do paciente, os danos causados
ao aparelho urinário e a gravidade dos sintomas.



Pacientes com sintomas leves e
sem complicações devem ser observados, com
acompanhamento anual.


Nos pacientes com sintomas
moderados está indicado o tratamento medicamentoso.



Em pacientes com sintomas
graves, o tratamento cirúrgico é a
opção recomendada.

O tratamento cirúrgico padrão da
obstrução do fluxo urinário por HPB
é a
chamada ressecção trans-uretral da
próstata ou a prostatectomia supra-púbica.

O tratamento cirúrgico está indicado quando
ocorrer:





  • Retenção
    urinária persistente e refratária ao tratamento
    clínico.



  • Infecções
    urinárias freqüentes.



  • Sintomas
    clínicos graves.



  • Dilatação
    do sistema urinário.



  • Sangramento
    urinário persistente.



  • Associação
    de cálculos ou divertículos na bexiga.



  • Ressecção
    Trans-uretral da Próstata (RTUP): consiste na retirada de
    fragmentos do
    tecido prostático, através de instrumental
    introduzido pela uretra,
    desobstruíndo o fluxo urinário.



  • Sendo menos
    traumática que a cirurgia aberta, propiciando menor tempo de
    hospitalização e
    recuperação mais rápida do paciente,
    é o método de
    preferência para o tratamento cirúrgico da HPB.



Prostatectomia
Supra-púbica: trata-se de cirurgia aberta, onde a retirada
do adenoma da próstata
é realizado através de uma abertura feita na
bexiga.

As indicações da prostatectomia
supra-púbica são as seguintes:





  • Próstatas
    muito volumosas ( acima de 80 - 90 g ).



  • Presença
    de divertículos ou cálculos na bexiga.



  • Estenose
    uretral extensa.



  • Problemas
    ortopédicos que impossibilitem a
    colocação do paciente na
    posição
    adequada para a RTUP.





Câncer de Próstata








A freqüência do câncer de
próstata
aumentou de forma explosiva nos últimos anos, representando,
atualmente, o câncer
que mais freqüentemente acomete o homem.


Sua
incidência aumenta com a
idade atingindo quase 50 % dos indivíduos com 80 anos.
Todavia, sua evolução
é lenta e a grande maioria de seus portadores,
provavelmente, virão a falecer
de outros motivos que não o câncer de
próstata.


A
busca do diagnóstico
precoce, visando um tratamento curativo, assume fundamental
importância e deve
ser realizada através de exame preventivo, anual, em todos
os homens a partir
de 45 anos de idade, independente de apresentarem ou não
sintomas. Naqueles que
possuem história de incidência de câncer
de próstata na família, o exame
preventivo deverá ser iniciado aos 40 anos.



Detecção
do Carcinoma Prostático:


Toque retal
- O exame digital da
próstata é o método mais antigo, mais
barato e ainda o mais usado para levantar suspeitas de câncer
de próstata.

Dosagem do Antígeno
Prostático Específico (PSA)
- O PSA
é uma proteína
secretada pela próstata. O aumento da taxa de PSA no sangue,
excluídas as
causas benignas desse aumento, pode indicar a presença de
câncer de próstata.
Elevações extremamente expressivas sugerem o
comprometimento metastático do
tumor.


As causas benignas de aumento
do PSA são:





  • Hipertrofia
    prostática benigna.



  • Massagem
    prostática recente.



  • Prostatite.


  • Retenção
    aguda de urina.



  • Biópsia
    prostática por agulha.



  • Ressecção
    trans-uretral da próstata.



Ultra-sonografia
da Próstata
– é um exame ultrassonográfico da
próstata, que pode evidenciar o aumento
de volume da mesma, alterações de sua
consistência e a presença de nódulos.


A
Ultra-sonografia trans-retal
permite uma avaliação mais acurada da
próstata.


Biópsia
– é a coleta de fragmentos do tecido
prostático, através de
punção
por uma agulha especial, confirma o diagnóstico da
lesão.


O
tratamento do câncer de próstata
varia de acordo com o tipo de tumor e estágio em que foi
diagnosticada a doença.


As
diversas possibilidades de
tratamento, mais adequadas para cada caso, devem ser discutidas entre
médicos e
pacientes e compreendem:





  • Prostatectomia
    radical - retirada
    cirúrgica de toda a próstata e tecidos
    linfáticos adjacentes.



  • Bloqueio
    hormonal - o crescimento
    do tumor é contido através de terapia
    medicamentosa.



  • Orquiectomia
    - o crescimento do
    tumor é contido através do efeito hormonal
    provocado pela retirada dos
    testículos.



  • Radioterapia
    - está indicada em
    determinados casos.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clubedovolante.forumeiros.com
 
Como vai sua próstata?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Como cantar e tocar
» como fazer solos ?
» Como você tomou conhecimento do Fórum e chegou até nós?
» Como adicionar player de audio no tópico
» breu e arco, como é q usa?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: DIVERSOS :: SAUDE-
Ir para: